Publicado 18 de Dezembro de 2020 - 22h27

Por AFP

A Itália, um dos países mais atingidos pela pandemia de covid-19, irá impor um confinamento total de 21 de dezembro a 6 de janeiro, durante as festas natalinas, anunciou nesta sexta-feira o primeiro-ministro, Giuseppe Conte.

Durante esse período, lojas, bares e restaurantes permanecerão fechados, não será permitido viajar entre regiões e somente uma saída por dia por residência será autorizada, anunciou o chefe do governo ao termino de um conselho de ministros.

"Nossos especialistas temem que a curva da doença suba no Natal", justificou Giuseppe Conte. O chefe do Executivo pediu aos italianos que respeitem o limite de dois convidados adultos.

"Podemos falar em zona vermelha", declarou Conte, assinalando que o confinamento será aliviado nos dias 28, 29 e 30 de dezembro, bem como em 4 de janeiro, dias em que o comércio funcionará até as 21h e não será necessário justificar os deslocamentos.

A Itália tem uma população de 60 milhões de habitantes e é um dos países europeus com maior número de idosos.

gab/roc/plh/af/ll/lb

Escrito por:

AFP