Publicado 18 de Dezembro de 2020 - 0h27

Por AFP

Os Estados Unidos registraram novamente números expressivos de covid-19 nesta quinta-feira, com mais de 3.200 mortes e quase 250.000 novos casos nas últimas 24 horas, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins.

O país enfrenta atualmente uma retomada assustadora da epidemia, que nunca realmente diminuiu desde março. Nos últimos 15 dias, a marca de 200.000 novos casos diários foi ultrapassada 12 vezes.

Nesta quinta-feira, 3.249 mortes e 247.544 novas infecções foram registradas, segundo dados que a universidade atualiza todas as noites.

Esta é a quarta vez em 10 dias que os Estados Unidos ultrapassam o limiar de 3.000 mortes em 24 horas. No dia anterior, o país havia atingido um recorde duplo, com mais de 3.700 mortes e mais de 250.000 novos casos. O número total de mortes ultrapassa 310.000 desde o início da pandemia em março.

As autoridades de saúde já esperavam o aumento de casos de covid-19 após o Dia de Ação de Graças, em 26 de novembro, quando milhões de americanos viajaram pelo país para se reunir com seus entes queridos. Os especialistas temem que a situação piore ainda mais durante os feriados de Natal e Ano Novo.

A grande campanha de vacinação lançada segunda-feira que conta com as primeiras injeções da vacina Pfizer/BioNTech, não vai impedir o surto atual, alertaram os especialistas, porque a imunização da maioria da população irá demorar alguns meses.

Nesta quinta-feira, um comitê de especialistas recomendou a autorização do uso emergencial da vacina do laboratório Moderna, abrindo caminho para sua distribuição neste fim de semana.

iba/vgr/dg/ll/am

Escrito por:

AFP