Publicado 17 de Dezembro de 2020 - 16h47

Por AFP

O Conselho da União Europeia (UE) anunciou nesta quinta-feira que decidiu retirar o Uruguai da lista de países cujos cidadãos se beneficiam temporariamente de um levantamento das restrições a viagens não essenciais.

Na atualização da lista, o Conselho assinalou que manteve discussões sobre os países e territórios dos quais os membros da UE deveriam eliminar gradualmente as restrições. "Como resultado, a lista deveria ser alterada. Em particular, o Uruguai deve ser removido da mesma."

O Conselho recomendou aos países do bloco que removam gradualmente as restrições a viagens a partir de Austrália, Japão, Nova Zelândia, Ruanda, Singapura, Coreia do sul, Tailândia e China, esta última pendente de medidas de reciprocidade.

A lista é elaborada principalmente com base em critérios epidemiológicos, atualizados a cada duas semanas. Para confeccioná-la, os europeus examinam a situação da Covid-19 nos países, que deve ser parecida ou melhor com a europeia, bem como a tendência de novos surtos ou a resposta geral à pandemia. Trata-se de uma recomendação não vinculante aos países da UE e aos associados ao Espaço Schengen - Noruega, Islândia, Liechtenstein e Suíça -, que são responsáveis por aplicar a decisão em sua totalidade ou não.

ahg/mb/lb

Escrito por:

AFP