Publicado 17 de Dezembro de 2020 - 13h08

Por AFP

O chefe do Estado Maior dos Estados Unidos se reuniu separadamente com os talibãs e o presidente afegão nesta semana para preparar o caminho rumo ao fim do conflito no Afeganistão, anunciou o Pentágono nesta quinta-feira (17).

Em seu encontro com os talibãs no Catar, o general Mark Milley "abordou a necessidade de uma redução imediata da violência e de acelerar os avanços para uma solução política negociada que contribua para a estabilidade regional e que preserve os interesses nacionais americanos", disse a porta-voz Sarah Flaherty.

Milley, que se reuniu pela segunda vez com os representantes dos insurgentes talibãs, também se encontrou em Cabul com o presidente Ashraf Ghani, disse Flaherty.

A viagem coincide com os esforços do atual presidente Donald Trump para acelerar a retirada dos Estados Unidos do Afeganistão, uma de suas promessas eleitorales.

Seu sucessor, o presidente eleito Joe Biden, se mostrou durante muito tempo a favor de encerrar a guerra mais longa da história dos Estados Unidos, mas não informou se dará continuidade ao plano de retirada marcado por Trump.

O democrata já indicou sua intenção de deixar forças reduzidas no Afeganistão para operações de contraterrorismo.

Em virtude de um acordo assinado com os talibãs em fevereiro, Estados Unidos aceitou retirar suas tropas do Afeganistão antes de maio de 2021. Em troca, os talibãs se comprometeram a não deixar que grupos extremistas se instalem no país e a fazer negociações com o governo.

Apesar disso, o Afegnistão vive um surto de violência nas últimas semanas, com ataques quase diários dos talibãs contra as forças do governo.

sl-sct/jm/gma/yo/aa

Escrito por:

AFP