Publicado 16 de Dezembro de 2020 - 21h07

Por AFP

A Inter de Milão derrotou o Napoli (1-0) graças a um pênalti convertido pelo belga Romelu Lukaku e ficou na cola do líder, o Milan, que voltou a tropeçar, desta vez empatando em 2 a 2 com o mal posicionado Genoa (18º), nesta quarta-feira pela 12ª rodada da Serie A.

O Milan (28 pontos) tem apenas um ponto a mais que sua eterna rival Inter (27) e quatro a mais que a Juventus (24), que começou a tarde empatando em casa com o Atalanta.

Em jogo tenso e equilibrado, o confronto entre Inter e Napoli foi vencido pelo time local com um golpe de sorte: uma saída errada do goleiro colombiano David Ospina levou a um pênalti sobre Matteo Darmian, seguido de um cartão vermelho para o capitão napolitano Lorenzo Famoso por reclamação.

Lukaku não falhou (73), marcando com sangue frio seu décimo gol na temporada e se juntando a Ibrahimovic (Milan) e Cristiano Ronaldo (Juventus) no topo da artilharia.

A partir de então, o time milanês passou sufoco até o fim para administrar a vantagem e conquistar os três pontos.

"Foi uma partida muito tática, não muito bonita, mas são pontos importantes, que valem em dobro diante de um adversário como esse", comentou o técnico da Inter, Antonio Conte.

Esta quinta vitória na Serie A reforça as aspirações dos "Nerazzurri" ao "Scudetto", principal objetivo desta temporada após a eliminação prematura na Liga dos Campeões.

Já o Milan, como aconteceu no final de semana passado, obteve um resultado desfavorável. Aos dois gols de Mattia Destro (47 e 60), o líder do campeonato respondeu empatando primeiro por meio de Davide Calabria (52) e depois com o francês Pierre Kalulu (83), dois defensores de uma equipe que segue sem poder contar com o lesionado Zlatan Ibrahimovic.

Por outro lado este ponto faz com que os "rossoneri" ampliam a série invicta no campeonato: são 24 jogos desde a retomada das competições em junho.

"Um jogo difícil. Não podemos estar sempre no nosso mais alto nível", comentou o técnico do Milan, Stefano Pioli, que não deixou de elogiar seu time, "que não desiste nunca".

Mais cedo a Juventus de Turim voltou a perder dois pontos na Serie A, em casa contra o Atalanta (1-1), em um jogo espetacular com direito a dois belos gols, um pênalti perdido por Cristiano Ronaldo e defesas de alto nível dos dois goleiros.

Federico Chiesa abriu o placar no bom início de partida dos "bianconeri" com um chute espetacular de fora da área de pé direito que pegou efeito e entrou no ângulo (29).

Mas o Atalanta, em meio a uma situação delicada, com as tensões entre o técnico Gian Piero Gasperini e o argentino Alejandro Gómez, não se deixou abalar.

A "Dea" conseguiu o empate também com uma bomba do suíço Remo Freuler (57), momentos após a entrada em campo de "Papu" Gómez.

Escrito por:

AFP