Publicado 16 de Dezembro de 2020 - 13h17

Por AFP

O chefe da diplomacia dos Estados Unidos, Mike Pompeo, entrou em quarentena depois de entrar em contato com uma pessoa que deu positivo para a covid-19, anunciou nesta quarta-feira (16) o Departamento de Estado americano.

"O secretário de Estado foi testado e deu negativo", destacou um porta-voz da diplomacia de Washington em uma declaração enviada à imprensa.

Mas "foi identificado como contato de uma pessoa que deu positivo para a covid", cuja identidade não foi revelada em respeito à "sua vida privada", acrescentou a nota.

De acordo com as recomendações das autoridades de saúde, Pompeo, 56, "estará em quarentena e será acompanhado de perto pela equipe médica do Departamento de Estado", acrescentou o porta-voz.

O secretário de Estado é o ministro mais importante do governo dos Estados Unidos e o quarto na ordem de sucessão ao presidente em caso de renúncia, destituição ou morte do presidente no poder.

O governo de Donald Trump já registrou vários casos de coronavírus. Muitos deles na Casa Branca, onde o próprio presidente deu positivo e teve que ser hospitalizado por três dias no início de outubro, em plena campanha eleitoral para as eleições de 3 de novembro, que acabou perdendo para o democrata Joe Biden.

Vários membros de sua família e colaboradores também contraíram o vírus, a tal ponto que a presidência chegou a se identificar como um verdadeiro foco de contaminação.

Trump subestimou em muitas ocasiões a gravidade da pandemia e só usou máscara e recomendou seu uso poucas vezes.

Pompeo, no entanto, foi visto mais vezes com a proteção em suas viagens ao exterior.

fff/cjc/rs/gma/aa

Escrito por:

AFP