Publicado 16 de Novembro de 2020 - 0h29

Por Maria Teresa Costa/AAN


Matheus Pereira/AAN

O PDT de Campinas definiu ontem que vai apoiar o candidato Dário Saadi (Republicanos) no segundo turno, marcado para 29 de novembro. Em nota, o presidente do diretório local, Francisco Soares de Souza e o vice, Flamínio Maurício Neto informaram que, após o analisar o cenário político, o Partido Democrático Trabalhista de Campinas tomou a decisão de apoiar o candidato Dario Saadi, “uma vez que seu plano de governo é o que mais se aproxima das bandeiras históricas defendidas pelo trabalhismo e pelo PDT”.

Na nota, afirmaram que “passado o calor da batalha do primeiro turno, agora é o momento de somar forças para levar Dário Saadi à vitória no segundo turno e, a partir de 1º de janeiro de 2021, trabalharmos juntos pela pujança de Campinas no cenário da pós-pandemia”, informam, na nota.

A esse apoio, segundo ele, os sindicatos representantes dos trabalhadores frentistas, dos ferroviários, da UGT Campinas (União Geral dos Trabalhadores), da Federação Nacional dos Frentistas da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e demais representações sindicais.

O PDT concorreu com Hélio de Oliveira Santos a prefeito, que teve o registro da candidatura indeferido e está recorrendo. A partir de hoje, os demais partidos que concorreram em chapas majoritárias e que ficaram fora do segundo turno, iniciam debates internos para definir quem irão apoiar

Escrito por:

Maria Teresa Costa/AAN