Publicado 18 de Novembro de 2020 - 13h26

Por AFP

A Espanha autorizou, nesta quarta-feira (18), o início da última fase do ensaio clínico de uma vacina de duas doses contra a covid-19 do grupo norte-americano Johnson & Johnson, que também será realizado em outros oito países.

A fase 3 do ensaio, a última antes da aprovação por parte das autoridades de saúde, será realizada em nove hospitais espanhóis em voluntários, tanto em pessoas com patologias de risco anteriores quanto em pessoas saudáveis, disse a agência espanhola reguladora do setor, em um comunicado.

De acordo com este texto, até 30.000 voluntários serão recrutados para esta fase na Espanha, Reino Unido, Bélgica, Colômbia, França, Alemanha, África do Sul, Estados Unidos e Filipinas.

Desenvolvida pela subsidiária farmacêutica Janssen, a vacina já está sendo testada na fase 3, em seu formato de dose única.

Este segundo ensaio "vai estudar a segurança e a eficácia de um regime de duas doses", disse a Johnson & Johnson em um comunicado.

Em outubro, a empresa norte-americana teve de interromper os testes por um voluntário que adoeceu, mas retomou os procedimentos dias depois, ao não ficar estabelecida uma relação entre a doença e a vacina.

Este ensaio é o primeiro da fase 3 a ser feito na Espanha para uma vacina contra covid-19, de acordo com a agência de medicamentos.

Existem, hoje, 11 vacinas experimentais contra a covid-19 na última fase dos testes clínicos, de acordo com a OMS. As mais avançadas parecem ser as da Pfizer e Moderna, que garantem ter uma eficácia de 95% e 94,5%, respectivamente.

ds/dbh/mb/tt

JOHNSON & JOHNSON

Escrito por:

AFP