Publicado 17 de Novembro de 2020 - 19h36

Por AFP

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama oferece, em suas memórias publicadas nesta terça-feira (17), retratos divertidos e às vezes mordazes de antigos líderes mundiais.

Seguem algumas descrições destes líderes sob o olhar de Obama em seu livro "Uma terra prometida", o primeiro volume das memórias do ex-presidente americano lançado simultaneamente no mundo todo em 25 idiomas.

"Fisicamente ele não tinha nada de especial: baixo e atarracado (fisionomia de um lutador), cabelo fino cor de areia, nariz proeminente e olhos claros e atentos (...) Percebi informalidade em seus movimentos, uma indiferença instalada em sua voz que indicava alguém acostumado a estar cercado de subordinados e submissos. Era um homem acostumado ao poder."

"Os olhos de Merkel eram grandes e de um azul brilhante e neles era possível ver frustração, diversão ou indícios de tristeza. Fora isso, sua aparência impassível refletia sua sensibilidade sensível e analítica."

"Com o físico de um jogador de futebol americano, com uma mandíbula quadrada, traços grossos e uma cabeça careca sobre a qual dobrava mechas de cabelo grisalho, Netanyahu era inteligente, habilidoso, duro e falava hebraico e inglês fluentemente."

"Netanyahu sabia ser charmoso, até solícito, quando isso servia aos seus interesses".

"Mas sua imagem de si mesmo de grande defensor do povo judeu contra todas as calamidades permitiu que justificasse quase tudo que pudesse mantê-lo no poder - e, com seu conhecimento da política americana e da mídia, ele estava convencido de que poderia suportar todas as pressões de um governo democrata como o meu."

"O achei impressionante. Um ex-líder sindical grisalho e comprometido que havia sido preso por protestar contra o governo militar anterior e depois eleito em 2002, iniciou uma série de reformas pragmáticas que impulsionaram a taxa de crescimento do Brasil, expandiram a classe média e proporcionaram habitação e educação para milhões de seus cidadãos mais pobres."

Escrito por:

AFP