Publicado 17 de Novembro de 2020 - 14h46

Por AFP

As orcas, vorazes predadores apelidados de "baleias assassinas", são culpadas pela redução significativa de tubarões brancos nas águas da Cidade do Cabo, segundo um relatório do governo sul-africano publicado nesta terça-feira (17).

O tubarão branco, presente na África do Sul, desapareceu nesses últimos anos de alguns lugares da costa leste do país sem que se soubesse exatamente as causas. Alguns culpavam as capturas ou o uso de redes chamadas "de deriva".

Mas o resultado das análises de uma equipe de nove especialistas escolhidos pelo governo, que busca proteger várias espécies de tubarões ameaçadas ou em risco de extinção, apontam para outra direção.

"Há um nexo de causalidade entre a aparição dos grupos de orcas e o desaparecimento dos tubarões brancos", diz o relatório.

"E cada vez mais o número de tubarões brancos caía" na região, sem dúvida fugindo do predador, diz o relatório apresentado por Alison Kock, bióloga marinha que faz parte do grupo de especialistas.

Na África do Sul, 14% das espécies de tubarões estão ameaçadas, lembrou a ministra do Meio Ambiente Barbara Creecy durante a apresentação.

cld/sst/grp/mb/aa

Escrito por:

AFP