Publicado 17 de Novembro de 2020 - 6h55

Por AFP

Três suspeitos do roubo de joias e diamantes, incluindo uma peça 49 quilates, em 2019 em um museu de Dresden, leste da Alemanha, foram detidos, anunciou o Ministério Público.

Os três detidos, de nacionalidade alemã, são "grandes suspeitos" de participação no roubo do museu "Grünes Gewölbe" de Dresden, informaram o MP e a polícia.

A polícia iniciou operações de busca em apartamentos, garagens e veículos em Berlim para tentar recuperar os objetos roubados.

O roubo aconteceu em novembro de 2019 e os ladrões levaram joias importantes, que incluíam vários diamantes, um deles de 49 quilates.

A direção do museu afirmou que eram peças de valor histórico e cultural "inestimável".

smk/zm/mar/fp

Escrito por:

AFP