Publicado 16 de Novembro de 2020 - 18h07

Por AFP

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta segunda-feira (16) que não é contra os negócios, mas assegurou que os americanos ricos e as grandes corporações vão "pagar sua cota justa" em impostos.

Após se reunir com líderes trabalhistas e patronais, Biden disse que eles concordaram na necessidade de um estímulo adicional que "precisa ser dado rapidamente".

Um novo plano de estímulo, afirmou, é crítico para ajudar a economia em meio a um aumento das infecções por covid-19, admitindo que as coisas ficarão "mais difíceis".

Biden disse que seu plano econômico criará três milhões de "trabalhos bem remunerados" e que elevará o salário mínimo a US$ 15 a hora.

hs/jm/mvv

Escrito por:

AFP