Publicado 16 de Novembro de 2020 - 1h15

Por Estadão Conteúdo

Em coletiva que começou no final da noite deste domingo, 15, o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do TSE, disse que 99% ou 100% das urnas foram apuradas em todos os Estados. De acordo com o ministro, os níveis de abstenção foram inferiores a 25%.

Barroso também afirmou que os problemas técnicos não oferecem risco para a "fidedignidade" dos resultados e que o "único atraso" foi atraso de pouco menos de três horas na divulgação. O ministro garantiu que o Tribunal irá identificar e corrigir as falhas antes do segundo turno.

Escrito por:

Estadão Conteúdo