Publicado 07 de Outubro de 2020 - 16h03

Por Da Agência Anhanguera de Notícias


Cedoc / RAC

Campinas registrou oito novas mortes e 212 novos casos de contaminação pelo novo coronavírus, segundo balanço divulgado no meio da tarde desta quarta-feira (7) pelo prefeito Jonas Donizette (PSB), em entrevista coletiva virtual. Agora a cidade conta com 1.261 óbitos e 34.160 casos de contaminação registrados.

Os técnicos da Saúde ainda investigam outros 10 óbitos e 619 casos suspeitos. Campinas conta ainda com 259 pessoas internadas em hospitais com Covid-19 e 179 estão sendo mantidas em isolamento domiciliar.

Segundo o boletim, a cidade tem hoje 32.459 pessoas que se curaram da doença. Esse número representa 160 indivíduos a mais na relação ao número de curados, em comparação com o boletim de terça-feira.

Sete das oito vítimas fataais eram mulheres e apenas uma das pessoas que morreram não tinha comorbidades – que são doenças pré-existentes. Duas das mulheres mortas tinham 23 e 24 anos. A de 23 anos tinha outras doenças e morreu no dia 19 de agosto em um hospital público.

Já a de 24 anos não tinha comorbidades. Ela morreu no dia 29 de setembro também em um hospital público. O exame para covid foi feito pelo Instututo Adolfo Lutz.

Leitos

Campinas contava nesta quarta-feira, com 226 leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid-19 nas redes pública e particular. Deste total, 150 estão ocupados, o que corresponde a 66,38%. Há 76 leitos livres somando as redes pública e particular.

A pressão maior se deu no SUS Estadual que tinha 37 leitos disponíveis, dos quais 28 estavam ocupados – o que corresponde a 75,68% de ocupação. O SUS Municipal contava com 101 leitos, dos quais 64 estavam ocupados, o que equivale a 63,37%. Havia, portanto, 37 leitos livres.

Na rede particular o índice de ocupação chegou a 65,91%. Dos 88 leitos disponíveis, 58 estavam ocupados.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera de Notícias