Publicado 07 de Outubro de 2020 - 12h29

Por Alenita Ramirez

As aves, sendo dois canários da terra, três da pássaros da espécie Periquitão Maracanã, três Periquito-de-encontro-amarelo e um Gurundi foram resgatados

Divulgação

As aves, sendo dois canários da terra, três da pássaros da espécie Periquitão Maracanã, três Periquito-de-encontro-amarelo e um Gurundi foram resgatados

A Polícia Ambiental de Campinas resgatou nesta terça-feira (6) nove aves silvestres que eram mantidas em cativeiro, em residências em Santa Bárbara d´Oeste e Socorro. As infrações por manterem os animais sem licença somaram R$ 4,5 mil.

De acordo com a corporação, as aves da fauna silvestre nativa, sem autorização do Ibama, foram encontradas durantes fiscalizações ambientais, e estavam presas em gaiolas dentro das residências.

As aves, sendo dois canários da terra, três da pássaros da espécie Periquitão Maracanã, três Periquito-de-encontro-amarelo e um Gurundi foram resgatados.

De acordo com nota do comandante Matheus Zanchetta de Souza, os canários foram soltos em liberdade em uma área rural de Americana, que é um local onde podem viver na natureza. Já as outras sete aves foram destinadas ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) do Parque Ecológico do Tietê, em São Paulo.

Escrito por:

Alenita Ramirez