Publicado 05 de Outubro de 2020 - 15h12

Por Maria Teresa Costa


Cedoc/RAC

Três candidatos a prefeito de Campinas ficarão fora do horário eleitoral gratuito de radio e TV que começa a ser veiculado na próxima sexta-feira. Ahmed Tarique (PMN), Laura Leal (PSTU) e Rogério Parada (PRTB) ficaram sem espaço na propaganda porque seus partidos não atingiram o mínimo de votação na eleição de deputado federal, a chamada cláusula de barreira. O candidato Dário Saadi (Republicanos) terá o maior tempo, de 3 minutos e 23 segundos. Rogério Menezes (PV) ficou com o menor, de 10 segundos.

A propaganda eleitoral gratuita será feita em bloco. Candidatos a prefeito terão de segunda a sábado, das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10 no radio e das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40, na televisão. Os candidatos a vereador não terão espaço na propaganda eleitoral no bloco.

Haverá também inserções de 30 segundo ou um minuto cada. Para isso, cada emissora de rádio e televisão destinará 70 minutos diários. Este tempo será dividido ao longo da programação, de segunda-feira a domingo, das 5h as 24h, e serão divididos na proporção de 60% para prefeito e de 40% cento para vereador.

A propaganda eleitoral gratuita segue até 12 de novembro, para o primeiro turno. Se houver segundo turno, será de 20 a 27 de novembro.

O candidato Rafa Zimbaldi (PL) terá 2 minutos e 44 segundos, enquanto Pedro Tourinho (PT) terá 1 minuto e 17 segundos. Artur Orsi (PSD) ficará com 45 segundos, Dr. Hélio (PDT) com 37 segundos, Alessandra Ribeiro (PCdoB) e Delegada Teresinha (PTB) com 17 segundos cada, Wilson Matos (Patriota) com 16 segundos, André Von Zuben (Cidadania) com 10 segundos e Rogério Menezes com 10 segundos.

Escrito por:

Maria Teresa Costa