Publicado 09 de Outubro de 2020 - 6h03

Por AFP

A OYAK acrescentou algo novo a seus movimentos de fusão de empresas com foco em eficiência e lucratividade. Após a fusão de suas empresas nas indústrias de cimento e energia, a OYAK fez a fusão da Akdeniz Kimya, uma de suas empresas que operam na indústria química, e da Chemson, uma empresa austríaca que adquiriu em 2013, sob o nome de "Akdeniz Chemson". Assim, com operações nos cinco continentes e vendas a 110 países, a Akdeniz Chemson atingiu um volume de vendas de US$ 500 milhões e se tornou a maior empresa mundial na área de estabilizadores de PVC.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20201009005149/pt/

Akdeniz Chemson (Photo: Business Wire)

O Diretor Geral da OYAK, Süleyman Savas Erdem, disse: "Consideramos o processo de pandemia como um "período de determinação" para a OYAK. Neste processo, seguimos unindo forças para construir uma estrutura mais eficiente e competitiva. Tornamo-nos a maior empresa mundial de estabilizadores de PVC ao fazer a fusão da Akdeniz Kimya, líder de mercado na Turquia, com a Chemson, que opera em cinco continentes. Graças a esta nova estrutura, nos tornamos uma empresa que opera em quase todas as geografias do mundo, da Europa à África, da América à Ásia e do Oriente Médio à Austrália."

A OYAK, o maior fundo de pensão ocupacional da Turquia, deu um passo importante na indústria química após as importantes fusões entre as empresas de cimento e energia neste ano. Akdeniz Kimya, operando sob a direção da Akdeniz Kimya, e a austríaca Chemson, um dos principais fabricantes mundiais de estabilizadores de PVC, que a OYAK adquiriu em 2013, uniram forças sob a marca Akdeniz Chemson. Após esta fusão, Akdeniz Chemson se tornou a maior empresa mundial na área de estabilizadores de PVC.

Erdem: "Vamos aumentar nossa diversidade na indústria e grupos de produtos como resultado da fusão"O Diretor Geral da OYAK, Süleyman Savas Erdem, declarou que continuam a moldar seu horizonte futuro por meio de aquisições e fusões estratégicas durante o processo de pandemia, o qual chamam de "período de determinação". Erdem indicou que pretendem transformar a Akdeniz Chemson em uma empresa que irá desenvolver e fabricar novos produtos para diferentes indústrias e mercados, mais além dos grupos de produtos existentes.

Erdem afirmou que a Akdeniz Chemson continuará crescendo em linha com sua visão de se tornar uma empresa de portfólio no setor.

Erdem destacou que criaram uma empresa que atua em todas as partes do mundo por meio da fusão e acrescentou: "Esta mudança fortalecerá não só nossa capacidade de produção, mas também nossas operações de vendas e marketing. Tornamo-nos uma empresa combinada com um volume de vendas de US$ 500 milhões ao fazer a fusão da Akdeniz Kimya, líder de mercado na Turquia, com a Chemson, que opera nos cinco continentes. Nosso objetivo é criar um volume de US$ 750 milhões mediante nossas atividades de produção, vendas e marketing."

"Somos a única organização que atende as necessidades de matéria-prima dentro de sua própria estrutura"Süleyman Savas Erdem afirmou que a Akdeniz Chemson é líder mundial no fornecimento e disse: "A fusão nos levará à liderança do mercado mundial e será uma plataforma para introduzir novos produtos e fabricações na indústria química. Nosso objetivo não é apenas fabricar aditivos de PVC, mas também fabricar produtos químicos especializados aos setores agrícola, de construção e embalagens. Akdeniz Chemson é a primeira e única empresa a produzir muitas das matérias-primas que usa, e continuaremos nossos esforços em expandir suas operações a diferentes regiões e liderar o setor com nossa visão para o futuro."

Destacando-se pelo valor que cria e aproveitando as oportunidades de economia nos setores em que atua, a OYAK atingirá uma capacidade de produção anual de 250 mil toneladas graças à fusão da Akdeniz Chemson. A Akdeniz Chemson pretende se tornar o único centro da indústria de PVC, aumentando seu portfólio de vendas de produtos cruzados para as indústrias, e estará vendendo a 110 países. Com foco em mercados como Europa, Rússia, Repúblicas Turcas, Norte da África, Oriente Médio, EUA, China, Brasil e Austrália, a empresa irá operar com seis unidades de produção, atuando em uma estrutura integrada baseada em produtos. Também terá um modelo de gestão mais eficiente com vendas efetivas, marketing e serviços de suporte técnico nas unidades de produção. Com uma combinação de mais de 40 anos de experiência, a Akdeniz Chemson continuará a fabricar muitas das matérias-primas intermediárias de estabilizadores à base de cálcio, zinco e chumbo em suas modernas instalações de produção em contínuo desenvolvimento.

Nota ao Editor:

Akdeniz Kimya:

Fundada em 1976 em Izmir para fabricar e comercializar estabilizadores de PVC e vários produtos químicos industriais, a Akdeniz Kimya é a empresa integrada mais avançada do mundo com a capacidade de produzir muitas das matérias-primas intermediárias de estabilizadores à base de cálcio, zinco e chumbo em suas modernas instalações de produção em contínuo desenvolvimento.

Akdeniz Kimya se uniu às empresas OYAK em 2012. A OYAK apoia a Akdeniz Kimya no desenvolvimento e fabricação de soluções inovadoras com sua estrutura corporativa, transparência, forte infraestrutura financeira e determinação para crescer no setor químico.

Chemson:

A Chemson é líder mundial no fornecimento de aditivos de PVC com foco em estabilizadores de um pacote. Com escritórios de vendas, instalações de produção, equipes próprias de serviços técnicos qualificados e laboratórios em todo o mundo, a Chemson é capaz de trabalhar em estreita proximidade com os clientes, oferecendo recursos exclusivos em inovação de produtos e excelência técnica.

Escrito por:

AFP