Publicado 08 de Outubro de 2020 - 20h24

Por AFP

O negociador-chefe palestino, Saeb Erekat, que sofre de fibrose pulmonar, foi infectado com o novo coronavírus, anunciou a Organização para a Libertação da Palestina (OLP) nesta quinta-feira (8).

Erekat, uma das figuras palestinas mais conhecidas no exterior, "está com a covid-19", informou a OLP em comunicado, no qual especificava que no momento o político suspenderia suas atividades.

Erekat, de 65 anos, foi submetido a um transplante de pulmão em 2017 em um hospital americano.

Secretário-geral da OLP e próximo do presidente palestino, Mahmud Abbas, Erekat participou de inúmeras negociações sobre o conflito israelense-palestino.

Nas últimas semanas, aumentou a quantidade de declarações contra a normalização das relações entre Israel e os países do Golfo sem que antes os palestinos e o Estado hebraico tenham um acordo de paz.

Na semana passada, o número dois do Hamas - o movimento islâmico palestino no poder na Faixa de Gaza - Saleh al-Arouri, também testou positivo para o coronavírus e está em isolamento.

Erekat havia participado de negociações na Turquia entre a liderança do Hamas, que controla Gaza, e a do Fatah, de Mahmoud Abas, que governa a Cisjordânia, para tentar reconciliar as duas facções palestinas.

Na Cisjordânia, onde vivem 2,8 milhões de palestinos, foram registrados cerca de 39.500 casos da covid-19, dos quais 335 morreram. Em Gaza, por sua vez, onde vivem dois milhões de pessoas, o número de casos chegam a 3.750, com 24 mortes.

gl/mba/af/yow/bn/mvv

Escrito por:

AFP