Publicado 07 de Outubro de 2020 - 16h03

Por AFP

A jovem americana Sofia Kenin, 6ª no ranking da WTA e atual campeã do Aberto da Austrália, se classificou para sua primeira semifinal de Roland Garros nesta quarta-feira ao vencer a compatriota Danielle Collins (57º), visivelmente prejudicada por problemas físicos no terceiro set , por 6-4, 4-6, 6-0.

Aos 22 anos, Kenin enfrentará a tcheca Petra Kvitova (11ª) em busca de sua segunda final de Grand Slam.

"Estou muito feliz, adoro o público francês", declarou a americana ao fim da partida no saibro da quadra Philippe-Chatrier, dirigindo-se ao pequeno público presente por conta das medidas sanitárias contra o coronavírus.

Após três derrotas para Collins, de 26 anos, Kenin finalmente conseguiu impor seu jogo no momento certo.

"Eu sabia que ela jogaria de forma muito agressiva e que eu também deveria jogar assim. Tive de aproveitar minha chance quando ela apareceu e acho que fiz isso", acrescentou Kenin, que em cinco jogos na competição, venceu apenas um em dois sets. Isso aconteceu diante da romena Irina Bara, oriunda da fase classificatória, na terceira rodada do torneio na capital francesa.

No ano passado, em sua primeira aparição no Grand Slam parisiense, Kenin derrotou a compatriota Serena Williams na terceira rodada antes de cair nas oitavas de final para a futura vencedora australiana Ashleigh Barty.

Collins, que dominou as rivais até as quartas de final, principalmente na segunda rodada contra a espanhola Garbiñe Muguruza, com um jogo agressivo, cometeu 34 faltas diretas nesta quarta. E também mostrou sinais de dores no abdômen, que foram decisivas na reta final do jogo.

ig/iga/psr/lca/cc

Escrito por:

AFP