Publicado 07 de Outubro de 2020 - 14h24

Por AFP

A Organização Pan-americana da Saúde (Opas) alertou nesta quarta-feira (7) que existe um alto risco de contágio e morte por covid-19 entre populações negras, hispânicas e indígenas nos Estados Unidos, o país mais afetado do mundo pelo vírus.

"Nos Estados Unidos, que abriga mais de 40% dos novos casos em nossa região, as populações negras, hispânicas e indígenas têm quase três vezes mais probabilidades de contrair covid-19 que seus compatriotas brancos", disse a diretora da Opas, Carissa Etienne.

"Também têm quase cinco vezes mais probabilidades de serem hospitalizadas e o dobro de probabilidades de morrerem por causa do vírus", acrescentou em coletiva de imprensa.

Etienne também destacou o forte impacto da covid-19 entre os indígenas de regiões amazônicas da Colômbia e Brasil que, segundo ela, têm dez vezes mais probabilidades de contrair a doença do que outros grupos étnicos.

Quase 211.000 pessoas morreram e 7,5 milhões se infectaram com o coronavírus este ano nos Estados Unidos, que caminha para tornar-se a terceira causa de morte no país em 2020.

ad/yow/aa

Escrito por:

AFP