Publicado 07 de Outubro de 2020 - 12h03

Por AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não entrou no Salão Oval, na terça-feira (6), um dia depois de receber alta do hospital onde era tratado por covid-19 - informou um porta-voz da Casa Branca, contradizendo um assessor do presidente.

O comportamento do presidente está sendo analisado com especial atenção, já que uma grande quantidade de pessoas que trabalham na Casa Branca testou positivo para coronavírus.

"O presidente queria estar no Salão Oval ontem (terça), mas não foi e trabalhou da residência", tuitou Ben Williamson, porta-voz do presidente.

Minutos antes, seu conselheiro econômico, Larry Kudlow, havia dito à emissora CNBC que Trump "apareceu ontem (terça) no Salão Oval, tomando as máximas precauções a respeito da covid-19".

A Casa Branca informou que foi preparada uma operação para permitir que o presidente volte para seu gabinete, nos próximos dias.

Pouco antes de sua saída do hospital militar Walter Reed, na segunda-feira, os médicos de Trump destacaram, porém, que "ainda não está completamente fora de perigo".

jca/cjc/dga/gm/tt

Escrito por:

AFP