Publicado 07 de Outubro de 2020 - 9h33

Por AFP

O novo emir do Kuwait nomeou seu meio-irmão, xeque Mishal al-Ahmad al-Khaber al-Saba, de 80 anos, príncipe herdeiro - anunciou a agência oficial de notícias do Kuwait KUNA, nesta quarta-feira (7).

A família no poder "aprovou essa escolha", acrescentou a agência, citando o gabinete do emir.

Mishal era vice-comandante-chefe da Guarda Nacional, um corpo de elite encarregado de defender o território do emirado. Esta força é independente do Exército regular do Kuwait.

Ele é conhecido por ser o chefe efetivo dessa força, simbolicamente presidida por um veterano da família Al-Sabah, xeque Salem al-Ali.

O novo príncipe herdeiro começou sua carreira no Ministério do Interior, dirigindo em 1967 o Departamento de Investigações Gerais. Em 1980, transformou a pasta no Departamento de Segurança do Estado.

Em 2016, realizou "com sucesso" uma operação no exterior, cuja natureza não foi especificada.

A nomeação de Mishal deve ser aprovada pelo Parlamento, o que é uma mera formalidade no Kuwait.

O novo emir, xeque Nawaf al-Ahmed al-Sabah, de 83, substituiu em 30 de setembro o xeque Sabah al-Ahmad al-Sabah, falecido aos 91 anos. Ele chegou ao poder em 2006.

Na terça (6), o emir renovou o governo, com a tarefa particular de preparar as eleições legislativas, em uma data não especificada.

sl/mh/hj/lp/zm/tt

Escrito por:

AFP