Publicado 07 de Outubro de 2020 - 6h24

Por AFP

O fundador e líder do partido neonazista grego Aurora Dourada, Nikos Michaloliakos, foi declarado culpado nesta quarta-feira (7) de "comandar uma organização criminosa".

A sentença foi recebida com aplausos na sala de audiência e comemorada pela multidão reunida diante do palácio de justiça.

A polícia usou gás lacrimogêneo para dispersar milhares de pessoas. Michaloliakos, 62 anos, é um dos 68 acusados no processo, no qual são julgados um assassinato e duas tentativas de homicídio.

mr-hec-chv/bl/es/fp

Escrito por:

AFP