Publicado 07 de Outubro de 2020 - 4h33

Por AFP

A equipe do Los Angeles Lakers venceu nesta terça-feira (6) o Miami Heat por 102 a 96, fazendo 3 a 1 na série final da NBA, ficando assim a uma vitória do título, que pode vir na sexta-feira.

Apesar de contar com o retorno do pivô Bam Adebayo, ausente dos dois últimos jogos por lesão e que nesta noite foi o responsável por marcar a primeira cesta do duelo, o time de Miami viu os Lakers serem comandados por suas estrelas LeBron James, que terminou com 28 pontos, 12 rebotes e 8 assistências, e Anthony Davis, com 22 pontos e 9 rebotes, para chegar à terceira vitória na decisão.

Com suas estrelas mostrando categoria, a equipe da Califórnia também apresentou em quadra grande aproveitamento nos rebotes e arremessos.

A partida começou com o Heat querendo repetir o feito do último domingo, em que conquistou com propriedade sua primeira vitória na decisão. Jogando nos erros do adversário, o time da Flórida chegou a ter uma vantagem de dez pontos.

O grande nome do terceiro jogo, Jimmy Butler não conseguiu repetir nesta terça a atuação de domingo, apesar de ter sido o cestinha do time, e desperdiçou uma chance na primeira etapa, num arremesso de três pontos, que poderia ter dado outro rumo ao confronto, já que a equipe de Los Angeles cometia muitos erros nos dois primeiros quartos.

Após o intervalo, Lebron e companhia acordaram e entraram no ritmo de decisão, com Caldwell-Pope, Danny Green e Kyle Kuzma, criticados por sua fraca contribuição nos primeiros jogos, participando mais em quadra.

Antes do final do terceiro quarto, o Lakers alcançou uma vantagem de sete pontos (71-64), a melhor do jogo, em meio a sinais de cansaço de Jimmy Butler, que havia levado o time nas costas nos dois encontros anteriores.

No último quarto a temperatura subiu em quadra. LeBron, que vinha discutindo todo o jogo com os árbitros, encarou Jae Crowder depois que ele fez três faltas seguidas.

Davis, por seu lado, foi uma presença marcante na defesa e acertou uma bola decisiva de 3 pontos com 40 segundos para o fim.

O Heat, com Butler e Adebayo exaustos, carecia de armas ofensivas para enfrentar as estrelas dos Lakers e não conseguiu diminuir a diferença no placar, vendo o adversário alcançar mais uma vitória.

"Foi mesmo um jogo das finais, foi possível sentir que as duas equipes estavam desesperadas, entendendo a situação em que se encontravam", disse James sobre a tensão na quadra.

"O trabalho ainda não está concluído. Agora temos a oportunidade de ter um dia extra de descanso, mas temos que estar afiados. Estou ansioso para jogar", concluiu Lebron James, que está a um passo de conquistar seu primeiro título com o Lakers e o quarto de sua carreira aos 35 anos.

Nesta noite, o armador do time de Los Angeles superou Tom Heinsohn e se tornou o quinto jogador com mais aparições em finais da NBA, com 53 jogos na série. O líder do ranking é Bill Russell (70), pivô campeão com o Boston Celtics.

As duas equipes voltam a se enfrentar na sexta-feira, às 22h (horário de Brasília). Uma nova vitória dará o título aos Lakers, enquanto o Miami Heat precisa vencer três jogos consecutivos, completando a série de sete, para ser campeão da NBA.

gbv/gfe/lca

Escrito por:

AFP