Publicado 06 de Outubro de 2020 - 12h13

Por AFP

A Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) anunciou, nesta terça-feira (6), ter encontrado uma substância do tipo Novichok no organismo do opositor russo Alexei Navalny.

O ativista foi hospitalizado em estado muito grave, em Berlim, por causa de um envenenamento, segundo fontes alemãs.

A OPAQ declarou que as amostras de sangue e urina de Navalny continham um "inibidor da colinesterase" similar ao das substâncias químicas do tipo Novichok, proibidas pela organização em 2019.

cvo/sg/jz/mb/tt

Escrito por:

AFP