Publicado 06 de Outubro de 2020 - 10h13

Por AFP

Os chefes da diplomacia dos Emirados e de Israel se encontraram pela primeira vez na tarde desta terça-feira em Berlim, no simbólico Memorial do Holocausto.

O ministro israelense, Gabi Ashkenazi, e seu colega dos Emirados Árabes Unidos, Abdullah ben Zayed Al-Nahiyane, cumprimentaram-se na presença do alemão Heiko Maas, em um encontro que marca uma nova etapa na normalização das relações entre os dois países.

Em seguida, os dois ministros caminharam pelo labirinto de aproximadamente 2.700 blocos de concreto de todos os tamanhos que simbolizam o genocídio judeu nas mãos dos nazistas.

Maas considerou "uma grande honra que os ministros das Relações Exteriores de Israel e dos Emirados Árabes Unidos tenham escolhido Berlim como local de seu primeiro encontro histórico".

O ministro alemão considerou o acordo entre Israel e os Emirados Árabes Unidos "a primeira boa notícia no Oriente Médio em muito tempo e uma oportunidade para retomar o diálogo entre israelenses e palestinos".

"Esta oportunidade deve ser aproveitada", declarou, expressando a vontade da União Europeia em ajudar.

Israel assinou acordos históricos em 15 de setembro para normalizar suas relações com os Emirados e Bahrein.

Os dois, sunitas, compartilham com Israel sua animosidade contra o Irã xiita, também o inimigo número um de Washington na região.

at/TMK/pc/mb/mr

Escrito por:

AFP