Publicado 05 de Outubro de 2020 - 12h24

Por AFP

Seis jogadores da seleção da Ucrânia foram cortados do amistoso contra a França na quarta-feira, em Paris, após um surto de coronavírus no clube Shakhtar Donetsk, anunciou nesta segunda-feira a federação ucraniana de futebol.

O goleiro Andriy Pyatov, o lateral-esquerdo Mykola Matviienko, os meias Taras Stepanenko e Viktor Kovalenko e os brasileiros naturalizados ucranianos Marlos (meia) e Junior Moraes (atacante) são os jogadores que testaram positivivo para covid-19.

"Todos os representantes do Shakhtar ficarão isolados", informou o clube ucraniano, especificando que sua comissão técnica e atletas passarão por novos testes dentro de quatro dias.

Dependendo do resultado dessas novos exames, será decidido se os seis positivos poderão ser relacionados para os jogos da Ucrânia pela Liga das Nações contra a Alemanha (10 de outubro) e a Espanha (13 de outubro), segundo a federação do país.

Depois de duas rodadas, a Ucrânia está em seugunod no Grupo 4 do torneio continental, com um ponto a menos que a Espanha.

Esta ex-república soviética, localizada às portas da União Europeia, até agora registrou mais de 230.000 casos de coronavírus e cerca de 4.400 mortes.

dg-ant/alf/fbr/iga/lca

Escrito por:

AFP