Publicado 05 de Outubro de 2020 - 9h13

Por AFP

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, apresentou nesta segunda-feira (5) resultado negativo para o exame de covid-19, mas dará prosseguimento a uma quarentena de 24 horas por precaução, depois de participar em uma reunião na semana passada com um funcionário que testou positivo no domingo para o novo coronavírus.

"O resultado do último exame da presidente Von der Leyen é negativo. De qualquer forma, ela fará o autoisolamento até o final do dia de amanhã (terça-feira), como previsto nas regras de segurança sanitária", anunciou no Twitter seu porta-voz, Eric Mamer.

Von der Leyen surpreendeu a todos nesta segunda-feira ao anunciar o início de um período de autoisolamento, após ter participado na semana passada de uma reunião com um funcionário que no domingo testou positivo para o coronavírus.

Ela informou que a reunião que motivou as preocupações aconteceu no sábado, dia em que fez uma viagem de trabalho a Lisboa, Portugal.

A imprensa portuguesa informou no domingo que um dos participantes na reunião, o advogado Antonio Lobo Xavier, testou positivo para covid-19.

Von der Leyen é a segunda autoridade do primeiro escalão da União Europeia a entrar em quarentena. Em setembro, o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, também teve que adotar a mesma medida, uma situação que provocou o adiamento por uma semana da reunião de cúpula dos líderes europeus.

Na ocasião, Michel foi informado que um integrante de sua equipe de segurança havia testado positivo para covid-19. Ele permaneceu uma semana em isolamento.

Porém, nesta mesma segunda-feira, a comissária europeia para a Inovação, a búlgara Mariya Gabriel, anunciou no Twitter que um membro da sua equipe teve um resultado positivo e, por isso, iniciou um período de autoisolamento.

"Enquanto aguardamos o resultado dos exames, toda a minha equipe e eu ficaremos isolados, respeitando os protocolos de saúde pública, e trabalhando de casa", disse a comissária no Twitter.

Outro porta-voz da UE afirmou nesta segunda-feira que 159 casos positivos de covid-19 foram registrados até agora na equipe da Comissão Europeia.

A notícia da quarentena de Von der Leyen foi divulgada após o anúncio, na sexta-feira, de que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e sua esposa Melania foram diagnosticados com o novo coronavírus.

ahg/zm/fp/mr

Escrito por:

AFP