Publicado 21 de Setembro de 2020 - 5h30

Após um intercâmbio cultural com o palhaço italiano Leris Colombaioni, mestre da arte da palhaçaria internacional e descendente de uma legítima família de saltimbancos europeus, os artistas da Família Burg desembarcam em Campinas para duas atividades: oficina de palhaçaria e apresentação do espetáculo Dupla sem Par, fruto da vivência artística de 15 dias na Itália. Em parceria com a ONG Hospitalhaços, a montagem será encenada neste domingo (22/9), às 19h, no Centro Cultural Casarão do Barão, em Barão Geraldo. Já a oficina de palhaçaria ocorre na mesma data e lugar, das 13h às 17h. As duas atividades são gratuitas.“Baseado na dinâmica clássica da dupla de palhaços, o espetáculo se apoia nas bases da palhaçaria para trazer ao palco o calor e o ritmo do picadeiro. As entradas, reprises e intervenções musicais de Dupla sem Par são consideradas uma coleção de bons momentos em que os palhaços Gonçalvez e Bolha reuniu lado a lado no aprendizado da arte cômica, boa parte dela transmitida pelos encontros da Família Burg com o palhaço Leris Colombaioni”, explica a atriz e palhaça Joana Piza, a intérprete de Bolha. Ao seu lado está Ivens Cacilhas, o Palhaço Gonçalvez.As atividades em Campinas integram o projeto Palhaço: Palco e Picadeiro, contemplado pelo Concurso de Incentivo a Projetos de Ações de Internacionalização das Produções Artísticas, do Programa de Ação Cultural (ProAC) da Secretaria de Estado da Cultura. Além da encenação do espetáculo em quatro cidades do estado (Mogi Mirim, Cerquilho, Americana e Campinas), o projeto prevê a realização da Oficina de Palhaçaria com a Família Burg.A Família Burg é formada por Ivens Burg Cacilhas, Hugo Burg Cacilhas e pela atriz Joana de Toledo Piza. Em 2001, o trio iniciou o percurso na arte da palhaçaria por meio da pesquisa intitulada "A descoberta do Clown pessoal", orientada por Ricardo Pucetti, do Lume Teatro, e, desde então, vem aprimorando o exercício da comicidade por intermédio do estudo de gags, reprises, números, entradas e espetáculos.“Leris Colombaioni, tradicional palhaço italiano, foi um nome de grande importância para a formação da identidade cômica da Família Burg. Entre 2007 e 2010, o artista ministrou cursos na sede do nosso grupo, contribuindo para o aperfeiçoamento do tempo cômico e agregando novas possibilidades ao repertório da companhia”, conta Joana Piza.Ao integrar o quadro de companhias da Cooperativa Brasileira de Circo, a Família Burg conquistou visibilidade em importantes Festivais de Circo, entre os quais a Palhaçaria Paulistana, o Festival de Circo de Limeira, a Virada Cultural Paulista, o Circuito Cultural Paulista e o Circuito Sesc de Artes.Os artistas da Família Burg foram cofundadores do Espaço Cultural Semente em Campinas e, atualmente, colaboram com a gestão coletiva do Centro Cultural Casarão do Barão, onde desenvolvem sua pesquisa, ensaiam, oferecem cursos e realizam seus espetáculos.A oficinaOs artistas e pesquisadores Joana Piza e Ivens Cacilhas ministram hoje, a Oficina de Palhaçaria com a Família Burg. Indicado ao público geral (palhaços ou não), o encontro tem a meta de compartilhar o ensinamento adquirido pela trupe durante a recém-viagem à Itália e o intercâmbio com a Família Colombaioni, além de apresentar aos participantes as bases da palhaçaria clássica e noções para a criação e o aprimoramento do repertório cômico. As incrições gratuitas podem ser feitas pelo e-mail: [email protected]