Publicado 22 de Setembro de 2020 - 19h05

Após viver Beto Falcão em Segundo Sol e Verão 90, Emílio Dantas conquistou o papel de protagonista em uma nova série da Globo, Todas as Mulheres do Mundo, já em gravações no Rio de Janeiro e ainda sem previsão de estreia. O projeto é baseado no filme homônimo de Domingos de Oliveira, de 1966, gênero comédia romântica, e se passa nos dias de hoje. Todas as Mulheres do Mundo são, no caso, as personagens Maria Alice, Adriana, Estela, Elisa, Laura, Glorinha, Martinha, Dionara, Renata, Pâmela, Gilda, Sara, Natália e Pink. Com personalidades diferentes, elas têm em comum a feminilidade à flor da pele e todo encanto de viver um amor à primeira vista com o mesmo homem (Paulo/Emílio Dantas). Uma de cada vez. No roteiro assinado por Jorge Furtado e Janaína Fischer, livremente inspirado na obra de Oliveira, com direção de Patrícia Pedrosa, o tipo vivido por Dantas é descrito como “um homem apaixonado. Pela liberdade, pela poesia, pelas mulheres. Por todas as mulheres do mundo”. Seus melhores amigos são Cabral (Matheus Nachtergaele) e Laura (Martha Nowill), para quem entrega em detalhes suas aventuras amorosas. Também no elenco Maria Mariana (filha do Domingos), Lilia Cabral e Priscilla Rozenbaum (viúva de Domingos), entre outros.