Publicado 13 de Setembro de 2020 - 10h51

Por Gustavo Magnusson

Festa dos jogadores no vestiário da Ressacada: vitória valeu a liderança

Thiago Toledo/Ponte Press

Festa dos jogadores no vestiário da Ressacada: vitória valeu a liderança

Após a importante vitória poe 1 a 0 fora de casa sobre o Avaí, na última sexta-feira, a Ponte Preta assumiu pela primeira vez a liderança da Série B. A Macaca permanecerá na ponta da tabela pelo menos até amanhã, quando torcerá por tropeços de Paraná e Juventude, que recebem CRB e Vitória, respectivamente.

Com 63% de aproveitamento, número inferior apenas ao da Chapecoense que tem 76% com dois jogos a menos, a Ponte Preta tem como grande destaque desta campanha o meia João Paulo. Vice-artilheiro da Série B, com 6 gols, além de maior goleador da Macaca na temporada, com 9, o jogador marcou o seu terceiro gol de pênalti na competição, sendo o quarto após cinco cobranças no ano. Ele só desperdiçou uma penalidade na derrota para o América-MG, na estreia da Série B.

Além de enaltecer a atuação do meia, o técnico João Brigatti também atribuiu o resultado positivo na Ressacada ao período de uma semana de descanso. "O João Paulo tem muita qualidade e dá uma sustentação, principalmente no meio-campo, mas o time todo se comportou bem. A semana cheia de treinos foi fundamental para recuperar o lado mental e físico dos atletas, já que vínhamos de uma sequência muito forte e desgastante de jogos e viagens. Com o tanque cheio, conseguimos impor nosso ritmo", destaca o comandante da Macaca.

Outro ponto positivo da atuação pontepretana foi a defesa, que emplacou a segunda partida consecutiva sem ser vazada, uma notável evolução considerando que a Macaca havia tomado gol em todos os primeiros 7 jogos da Série B e também levando em conta a constante mudança da dupla de zaga. 

Escrito por:

Gustavo Magnusson