Publicado 19 de Setembro de 2020 - 12h32

Por Daniel de Camargo


Divulgação

Para reforçar o apoio da companhia à campanha de combate ao câncer de mama, a Azul Linhas Aéreas pintou mais uma de suas aeronaves na cor rosa e adesivou outra. Agora, a empresa também tem um Cessna Gran Caravan nas cores da campanha do Outubro Rosa, além de ter adesivado seu A320neo, que já era rosa, com um logojet que marca os dez anos de apoio da Azul a essa causa.

“Pintar esses aviões é fazer com que a mensagem sobre o cuidado com a saúde da mulher chegue a todos os cantos do País com nossos voos a bordo das aeronaves rosas. Afinal, a gente sabe que o câncer de mama que mais acomete as mulheres no mundo e que há grandes chances de cura se detectado precocemente”, comenta a diretora de Pessoas da Azul, Camila Almeida. A executiva ressalta ainda que “essa é a maior causa que a Azul apoia e para a qual concentramos esforços o ano todo, com objetivo de fazer com que a informação chegue ao maior número de pessoas possível”.

O Outubro Rosa é um Movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade. O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama. Esse processo gera células anormais que se multiplicam, formando um tumor. Essa doença também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença. Existe tratamento e o Ministério da Saúde oferece atendimento por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer, a estimativa é de 66.280 novos casos de cãncer de mama no Brasil este ano. A projeção de óbitos é de 17.763, sendo 17.572 mulheres e 189 homens, conforme dados de 2018 do Atlas de Mortalidade por Câncer.

Escrito por:

Daniel de Camargo