Publicado 21 de Setembro de 2020 - 16h41

Por Estadão Conteúdo

O diretor de Organização do Sistema Financeiro do Banco Central, João Manoel Pinho de Mello, afirmou nesta quinta-feira que a autarquia busca garantir no Brasil que o processo de digitalização ocorra "mais cedo do que mais tarde e com segurança". Segundo ele, as mudanças trazidas pela Agenda BC# não têm volta.

Em participação em live promovida pelo BTG Pactual e pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), Pinho de Mello também fez um histórico dos avanços da agenda do BC nos últimos anos e afirmou que o celular "muda o jogo" no sistema financeiro.

Escrito por:

Estadão Conteúdo