Publicado 21 de Setembro de 2020 - 16h37

Por Estadão Conteúdo

Serão 60 títulos, distribuídos entre as competições brasileira e internacional, e apresentações especiais, fora de concurso. O É Tudo Verdade deste ano ocorre remotamente. A exceção é o longa de abertura, A Cordilheira dos Sonhos, que terá sessão presencial no Drive-in Belas Artes, às 20h30 do dia 23, para convidados. Simultaneamente, poderá ser visto no endereço www.etudoverdade.com.br.

Os 10 filmes da competição brasileira serão exibidos às 21h, com debate às 17h do dia seguinte. Os 12 longas internacionais passam às 18h, com duas exceções que você encontra no site. Entre as muitas atrações, Atravessa a Vida, de João Jardim, sobre estudantes do ensino médio em Sergipe, e o novo documentário de Mark Cousins, feito durante o confinamento. O festival segue até 4 de outubro.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Escrito por:

Estadão Conteúdo