Publicado 14 de Setembro de 2020 - 12h11

Por AFP

"Evidentemente não é a mesma coisa, mas pelo menos temos um torneio de tênis", declarou nesta segunda-feira o número 2 do mundo, Rafael Nadal, que está na Itália, onde jogará o Torneio de Roma após cerca de sete meses sem participar de uma competição.

"Não há público, estamos em uma bolha e não podemos ir para a cidade. Mas pelo menos temos um torneio de tênis", afirmou o tenista espanhol em entrevista coletiva na capital italiana, onde fará sua primeira partida oficial desde fevereiro, quando disputou a final do Troneio de Acapulco.

A competição em Roma antecede a realização de Roland Garros, que será de 27 de setembro a 11 de outubro, numa temporada de tênis marcada por adiamentos e cancelamentos devido à pandemia da covid-19.

Assim como o US Open, que terminou domingo com a vitória do austríaco Dominic Thiem, o Torneio de Roma não terá a presença de público.

Nadal decidiu não jogar em Nova York, onde deveria ter defendido o título. "Não sinto muito", disse sobre sua decisão de não competir nos Estados Unidos.

"Como sempre, talvez um pouco pior porque não jogo há seis meses", afirmou ao ser perguntado sobre sua forma física.

Nadal jogará em Roma duas semanas antes de Roland Garros, onde defenderá o título.

Ele estreia na capital italiana na segunda rodada contra Pablo Carreño, novato semifinalista em Nova York.

"A grande maioria dos jogadores já disputou partidas e eu ainda não. Treinamos muito bem e os sentimentos são positivos, mas temos que transferir esses sentimentos para as partidas. Carreño é um adversário muito complicado e espero estar preparado", acrescentou o tenista espanhol.

-- Resultados do primeiro dia do torneio de Roma, disputada nesta segunda-feira:

- Simples masculino (1ª rodada):

Filip Krajinovic (SER) venceu Félix Auger-Aliassime (CAN/N.16) 6-4, 7-5

Borna Coric (CRO) venceu Christian Garín (CHI/N.14) 6-4, 6-4

Marin Cilic (CRO) venceu Alexander Bublik (KAZ) 6-7 (4/7), 6-2, 6-4

Escrito por:

AFP