Publicado 14 de Setembro de 2020 - 1h41

Por AFP

Com uma virada heróica e inédita, o austríaco Dominic Thiem venceu neste domingo o alemão Alexander Zverev na final do Aberto dos Estados Unidos, conquistando seu primeiro título do Grand Slam, o primeiro que o "Big Three" do tênis deixou livre desde 2016.

Thiem, segundo cabeça de chave, derrotou Zverev, quinto, por 2-6, 4-6, 6-4, 6-3 e 7-6 (8/6), em quatro horas e um minuto de jogo, na quadra principal de Flushing Meadows, Nova York, sem público devido ao novo coronavírus.

Prestes a perder sua quarta final seguida de Grand Slam, Thiem foi o primeiro tenista capaz de recuperar dois sets perdidos em uma final do Aberto americano em meio século. Abrindo um novo capítulo na história do tênis, Thiem encerrou a sequência de 13 torneios do Grand Slam acumulados por Djokovic, Nadal e Federer.

gbv/ma/lb

Escrito por:

AFP