Publicado 12 de Setembro de 2020 - 14h51

Por AFP

O primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, anunciou neste sábado um "robusto" programa de compra de armas e o aumento de efetivos militares, em plena tensão com a Turquia no Mediterrâneo oriental.

Mitsotakis declarou que a Grécia vai adquirir 18 caças franceses Rafale, assim como fragatas e helicópteros, além de alistar até 15.000 novos soldados nas Forças Armadas.

"Chegou o momento de reforçar as Forças Armadas... esta iniciativa constitui um robusto programa que se transformará em um escudo nacional", disse o primeiro-ministro.

O programa, que inclui a reforma de quatro fragatas, deve gerar milhares de empregos.

A Turquia enviou em agosto um navio de pesquisa sísmica e uma pequena flotilha naval para explorar hidrocarbonetos em águas que a Grécia considera sob sua soberania, de acordo com os tratados do pós-guerra.

A Grécia respondeu com uma vigilância da flotilha turca com seus próprios barcos de guerra e com exercícios navais conjuntos com vários aliados da UE.

A Turquia "ameaça" a fronteira leste da Europa e "abala" a segurança regional, afirmou Mitsotakis.

jph/har/jz/eg

Escrito por:

AFP