Publicado 25 de Setembro de 2020 - 8h02

Por AFP

As autoridades de Madri anunciaram nesta sexta-feira a ampliação das restrições de mobilidade a novas áreas da região, o que significa que as medidas afetarão mais de um milhão de pessoas a partir de segunda-feira, com o objetivo de conter o avanço da pandemia.

O vice-conselheiro regional de Saúde, Antonio Zapatero, explicou que as medidas que foram adotadas no início desta semana e que afetam 850.000 pessoas, que não podem sair de seus bairros exceto para o trabalho ou procurar um médico, serão ampliadas a outros 160.000 residentes.

Zapatero também recomendou aos 6,6 milhões de madrilenos que "evitem qualquer movimento desnecessário".

dbh-du/bl/fp

Escrito por:

AFP