Publicado 23 de Setembro de 2020 - 20h02

Por AFP

A ONU e o Reino Unido anunciaram nesta quarta-feira (23) que serão co-anfitriões de uma cúpula mundial sobre o clima em 12 de dezembro, no quinto aniversário do histórico Acordo de Paris.

"A resposta a nossa crise existencial é uma ação rápida, decisiva e maior e a solidariedade entre as nações", declarou o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, em comunicado.

Não foi confirmado se a cúpula será realizada virtualmente.

Os países participantes serão convidados a apresentar planos ambientais atualizados, antes da grande conferência da ONU sobre o clima que acontecerá em Glasgow, na Escócia, em novembro de 2021, a COP 26.

O evento deveria ter sido realizado em 2020, mas precisou ser adiado em função da pandemia da covid-19.

Com o Acordo de Paris, cada país fixa suas próprias metas de redução das emissões de gases do efeito estufa. Estes esforços, porém, são atualmente insuficientes para limitar o aquecimento global de 1,5º C em relação ao século XIX e precisam ser revisados frequentemente.

"Estamos em plena emergência climática, não há tempo a perder", declarou Guterres.

Em dezembro, os Estados Unidos serão o único país do planeta a se retirar do Acordo de Paris, por ordem do presidente Donald Trump.

Por outro lado, Joe Biden, candidato democrata nas eleições presidenciais americanas de 3 de novembro, se comprometeu a reintegrar os Estados Unidos ao pacto climático se vencer nas urnas.

ia/sst/lbc/am

Escrito por:

AFP