Publicado 22 de Setembro de 2020 - 12h52

Por AFP

O julgamento do ex-presidente sudanês, Omar al-Bashir, processado por seu papel no golpe de Estado que o levou ao poder em 1989, foi novamente adiado para 6 de outubro - anunciou o presidente do tribunal nesta terça-feira (22).

A audiência desta terça, transmitida pela televisão sudanesa, foi a quinta desde o início do processo, em 21 de julho. A análise dos fatos foi adiada várias vezes, sempre por questões de procedimento.

"A próxima audiência acontecerá em 6 de outubro", afirmou o juiz Essam el Din Mohamed nesta breve audiência.

O presidente deposto e vários dos acusados podem enfrentar a pena de morte por derrubarem o governo eleito democraticamente do primeiro-ministro Sadek al Mahdi, em 1989, no terceiro golpe de Estado desde a independência do Sudão, em 1956.

Omar al-Bashir, de 76 anos, foi deposto do poder e detido pelo Exército em abril de 2019, após meses de revolta popular.

mz/emp/mdz/age/me/aa/tt

Escrito por:

AFP