Publicado 22 de Setembro de 2020 - 12h12

Por AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou nesta terça-feira (22) que anuncia no sábado a sucessora da juíza progressista Ruth Bader Ginsburg na Suprema Corte.

"Vou anunciar a nomeação para a Suprema Corte no sábado, na Casa Branca", disse Trump, que especificou que o tempo exato ainda não foi definido.

A morte de Ginsburg, na sexta-feira, aos 87 anos, e seu último desejo de ser substituída pelo nome indicado pelo governo que resultar das urnas em 3 de novembro agitaram a já tensa campanha eleitoral em curso nos Estados Unidos.

Liderados pelo rival eleitoral de Trump, Joe Biden, os democratas exigem que os republicanos que dominam o Senado se abstenham de ratificar a nomeação para preencher a vaga.

Trump e o líder da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell, dizem que continuarão com o processo.

Os juízes da Suprema Corte decidem uma ampla gama de questões na vida dos cidadãos: do direito ao aborto a questões de imigração, passando pelo acesso à saúde.

A Corte é composta por nove juízes e, antes do falecimento de Ginsburg, os conservadores detinham uma maioria de 5 a 4. Em algumas votações, os juízes mais moderados acompanhavam a decisão dos mais progressistas.

Se Trump conseguir nomear um novo magistrado, o novo saldo será de 6 contra 3.

jca-an/yow/tt

Escrito por:

AFP