Publicado 21 de Setembro de 2020 - 19h38

Por AFP

O RB Leipzig, semifinalista na última Liga dos Campeões e um dos candidatos a destronar o Bayern de Munique, começou sua trajetória na Bundesliga 2020-2021 com uma vitória por 3 a 1 sobre o Mainz neste domingo.

Seguindo o exemplo do Bayern de Munique e do Borussia Dortmund, que venceram suas respectivas partidas na primeira rodada contra o Schalke 04 (8-0) e o Borussia Mönchengladbach (3-0), o Leipzig começou com 3 pontos na classificação, embora esteja atrás dos dois grandes favoritos ao título devido a um pior saldo de gols.

Diante de 8.500 torcedores em seu estádio, o Leipzig teve um jogo relativamente confortável, que funcionou com os gols do sueco Emil Forsberg (aos 17 minutos, de pênalti) e do dinamarquês Yussuf Poulsen, aos 21, de cabeça após um cruzamento do espanhol Dani Olmo.

O Mainz diminuiu aos 48 minutos por meio do francês Jean-Philippe Mateta, mas Malian Amadou Haidara, com um chute na altura da marca do pênalti após receber de Forsberg, fechou o placar em 3 a 1 aos 51 minutos.

O RB Leipzig teve um bom início de temporada em que levanta questões, especialmente após a saída de seu grande astro, Timo Werner, para o Chelsea.

Sem ter contratado um jogador ofensivo de seu nível como substituto, os dirigentes do Leipzig buscam passar mensagens de cautela e definem o pódio como objetivo, evitando falar abertamente sobre a luta pelo título por enquanto.

O resultado mais espetacular do início do campeonato alemão foi o 8 a 0 do Bayern de Munique sobre o Schalke 04 na sexta-feira, em uma partida onde Serge Gnabry brilhou com um hat-trick e na qual Leroy Sané estreou da melhor maneira possível no campeonato com seu novo uniforme, marcando um gol e dando duas assistências.

O Borussia Dortmund respondeu vencendo o Borussia Mönchengladbach por 3 a 0 no sábado, com um gol do jovem americano Giovanni Reyna e dois do astro norueguês Erling Haaland.

-- Jogos da primeira rodada da Bundesliga e classificação:

- Sexta-feira:

Bayern de Munique - Schalke 04 8 - 0

Escrito por:

AFP