Publicado 28 de Agosto de 2020 - 5h30

Alguns personagens têm o poder de mudar a vida de seus intérpretes. Agatha Moreira está sentindo isso na pele ao viver a ambiciosa Josiane de A Dona do Pedaço. Não que a atriz não tenha feito outros papéis de destaque ao longo da breve carreira, mas dar conta da principal vilã do horário das nove acabou por apresentar seu rosto para um público mais abrangente e elevou seu “status” dentro da emissora, que renovou seu contrato por prazo longo no final do ano passado. “Sabia que a Jô seria uma grande responsabilidade. Mas me surpreendi com o poder de popularidade dela. Mantenho os dois pés no chão e a cabeça focada no trabalho”, garante. Na trama de Walcyr Carrasco dirigida por Amora Mautner, a personagem faz de tudo para se tornar famosa e tem como principal alvo de toda sua ganância a própria mãe, Maria da Paz, de Juliana Paes. “Mãe é algo sagrado, né? É por isso que a personagem desperta tantos sentimentos no público.”

Natural do Rio de Janeiro, a carreira de atriz sempre permeou os sonhos de Agatha. Porém, aos 14 anos, acabou enveredando pela vida de modelo. Depois de morar em diversas partes do mundo, cansou-se do esquema extremamente competitivo do mundo da moda e investiu nas Artes Cênicas. Aos 20 anos, estreou na tevê na pele da decidida Ju, uma das protagonistas da temporada 2012 de Malhação. “Na tevê, um trabalho leva ao outro. Tive muito receio de não fazer nada depois da Ju, mas as coisas começaram a acontecer”, lembra a atriz, que na sequência apareceu em produções como Em Família, Verdades Secretas e Novo Mundo. “Em sete anos de Globo estou na minha sétima novela. É um trabalho por ano e uma série de aprendizados a cada nova personagem. Me renovo em cena”, valoriza.

Agatha Moreira já adotou diversos “looks” e não tem medo de mudar para viver suas personagens. No entanto, ficou receosa ao ouvir as sugestões da equipe de caracterização de A Dona do Pedaço, que pensou para Josiane um visual moderno formado com os fios bem curtos. “Sempre tive cabelo grande e tinha acabado de fazer dois trabalhos de época. Mudar era essencial. Aceitei a sugestão e fui para o salão sem pestanejar”, assume.

Sob os cuidados do cabeleireiro Marcos Padilha, Agatha cortou as madeixas na altura do queixo. Passado o estranhamento inicial, ela aprovou a praticidade do novo visual. “Lavo e seco tudo rapidinho. Levei um susto ao olhar no espelho, mas a adaptação foi bem tranquila”, destaca.

Agatha Moreira passou diversos “perrengues” ao trabalhar como modelo. É claro que as fotos e passarelas abriram muitas portas, inclusive, para a carreira de atriz. Mas era cansativo morar muito longe da família e ter de disputar trabalhos em um mercado saturado, que está sempre de olho na próxima novidade. “É uma indústria muito exigente em que poucas realmente se destacam. É preciso sorte e disciplina para encarar tudo de frente.”

Mesmo morando em Nova York e aparecendo em publicações como Vogue e InStyle, Agatha tinha dificuldades em manter um bom padrão de vida. Disposta a investir na carreira de atriz, se inscreveu para diversas oportunidades no Brasil. Porém, quando foi chamada para um teste para Malhação, não tinha dinheiro para viajar até o Rio de Janeiro. A solução foi improvisar. “Fiz um vídeo explicando que não poderia estar no Brasil, mas que queria muito fazer o teste. Li a cena que me pediram, enviei ao produtor de elenco e acabei selecionada”, relembra. (Da TV Press)