Publicado 28 de Agosto de 2020 - 11h22

Por Gustavo Magnusson/AAN

O volante Luís Oyama durante atividade no Centro de Treinamento do Retrô, clube de Camaragibe-PE

Divulgação / Ponte Press / Thiago Toledo

O volante Luís Oyama durante atividade no Centro de Treinamento do Retrô, clube de Camaragibe-PE

Após desviar o foco para a Copa do Brasil no meio de semana, a Ponte Preta já está com as atenções voltadas de novo para a Série B. Amanhã, a Macaca enfrenta o Sampaio Corrêa, às 21h, no Castelão, em São Luís, pela 6ª rodada. Os atletas da Ponte realizam hoje de manhã o último treinamento na cidade pernambucana de Camaragibe, na região metropolitana de Recife, onde a equipe está concentrada há dois dias, antes de embarcar para a capital do Maranhão, no início da tarde.

Em Pernambuco, a delegação pontepretana utiliza o moderno e recém-inaugurado Centro de Treinamento do Retrô Futebol Clube, time fundado em 2016, que disputou a elite do Campeonato Pernambucano pela primeira vez neste ano.

De acordo com o volante Luís Oyama, a vitória por 2 a 0 sobre o Afogados, terça-feira, não apenas serviu para confirmar a vaga da Ponte na quarta fase da Copa do Brasil como também para dar moral ao grupo. “Conquistar a vaga foi importante pelo lado financeiro e também emocional. As vitórias nos dão confiança para seguirmos fazendo bons jogos. Na prática, chegamos a três vitórias em sequência e isso nos dá o ânimo e confiança para enfrentar o Sampaio Corrêa no fim de semana”, afirma.

“Será mais um jogo difícil, mas entraremos para vencer. É importante somar pontos, mesmo jogando fora de casa e esse é o nosso pensamento”, conclui Oyama, que vem sendo um dos destaques do meio-campo pontepretano desde que ingressou no time, na primeira rodada da Série B, quando a Ponte foi derrotada em casa pelo América-MG.

Depois do fim do Campeonato Paulista, competição em que não pôde defender a Ponte porque já havia atuado pelo Mirassol anteriormente, Luís Oyama foi titular em todas as cinco primeiras partidas da Série B e também no jogo de volta da Copa do Brasil. Assim como o goleiro Ivan, o lateral-direito Apodi, o zagueiro Wellington Carvalho e o meia João Paulo, Oyama é um dos cincos jogadores escalados como titulares em todos os seis jogos da Macaca desde o início da Série B. (Gustavo Magnusson/AAN)

Escrito por:

Gustavo Magnusson/AAN