Publicado 27 de Agosto de 2020 - 11h33

Por Carlos Rodrigues/AAN

João Paulo, de 23 anos, assinou com o Guarani até o final da Série B

David Oliveira/Guarani FC

João Paulo, de 23 anos, assinou com o Guarani até o final da Série B

O presidente Ricardo Moisés veio a público ontem garantir respaldo do Conselho de Administração do Guarani ao técnico Thiago Carpini. Apesar do péssimo início de campanha na Série B do Brasileiro, com apenas uma vitória e quatro derrotas, o dirigente disse que confia no trabalho da comissão técnica e que acredita na recuperação da equipe. Ao mesmo tempo, porém, destacou a necessidade do time voltar a jogar bem e vencer as partidas. Ainda ontem, o clube anunciou a contratação do atacante João Paulo.

A declaração de apoio ao técnico do mandatário bugrino veio antes do jogo de amanhã, contra o Náutico. Segundo ele, a permanência do comandante não está condicionada a resultados positivos neste jogo e no de segunda-feira, contra o Oeste, também no Brinco de Ouro. "Ninguém está satisfeito com três pontos conquistados em 15, mas é um momento de sabedoria. Temos um bom grupo e, com inteligência, o Guarani vai chegar ao lugar que deseja", afirmou. "O Carpini tem total respaldo. A diretoria confia e acredita no trabalho dele. A continuidade não depende de um jogo. Não é assim que pensa o Conselho de Administração, mas futebol depende de resultados."

Ricardo Moisés também falou sobre a possibilidade da chegada de novas contratações. Segundo ele, três posições são prioritárias. "Temos algumas carências. Falta um lateral-esquerdo, um meia para dar mais força na criação do time e o ataque também precisamos reforçar. Nos próximos dias vamos buscar apresentar esses três atletas".

O Guarani reabriu negociações com o Palmeiras para ter o empréstimo do meia Alanzinho e aguarda um desfecho positivo. Já, ontem, o clube anunciou a contratação do atacante João Paulo. Formado no São Paulo, o jogador de 23 anos recentemente rescindiu com o Oeste, onde estava desde o início do ano. Foram dez jogos e dois gols pela equipe de Barueri. Ele também já teve passagens por Bahia, Criciúma e Ceará. No Brinco, o atacante assinou vínculo até o final da Série B. (Carlos Rodrigues/Da Agência Anhanguera)

Escrito por:

Carlos Rodrigues/AAN