Publicado 25 de Agosto de 2020 - 19h04

Por Gustavo Magnusson/AAN

Zé Roberto marcou o primeiro gol da Ponte Preta na vitória por 2 a 0 sobre o Afogados, no sertão pernambucano

Cláudio Gomes/Afogados da Ingazeira FC

Zé Roberto marcou o primeiro gol da Ponte Preta na vitória por 2 a 0 sobre o Afogados, no sertão pernambucano

Quatro dias após vencer o CSA pela Série B em uma noite fria que registrou 11 graus em Campinas, a Ponte Preta encarou uma tarde quente e ensolarada de 31 graus no sertão pernambucano e eliminou o Afogados da Ingazeira-PE da Copa do Brasil. Com gols de Zé Roberto no último lance do primeiro tempo e um gol de falta de Gulherme Lazaroni, a Macaca venceu o adversário pernambucano por 2 a 0 - 5 a 0 no placar agregado, após aplicar 3 a 0 no Moisés Lucarelli, em março, pela partida de ida. A equipe do técnico João Brigatti alcançou a sua terceira vitória consecutiva, sacramentou a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil e, de quebra, ainda embolsou R$ 2 milhões de premiação pela vaga. No total, a participação no torneio já rendeu R$ 4,69 milhões aos cofres do clube. A Ponte agora aguarda sorteio da CBF para conhecer seu próximo adversário.

O jogo

Mesmo sem poupar nenhum jogador titular, a Ponte Preta teve um desempenho bastante aquém nos primeiros 25 minutos de jogo, apenas administrando a confortável vantagem. A partir da metade da primeira etapa, após a parada técnica para hidratação, a equipe se soltou e criou boas oportunidades. Aos 38', Camilo saiu na cara do gol, tentou chapelar Wallef, mas se chocou com o goleiro e não conseguiu concluir para gol. Com um desconforto na coxa, o meia precisou ser substituído. Aos 47', após cobrança de escanteio, Alisson cabeceou, mas Wallef operou um milagre. A bola ainda bateu no travessão antes de sair para escanteio. Ao cair no chão, o arqueiro do Afogados bateu a cabeça contra a trave e preciso dar lugar ao terceiro goleiro Jeferson Danilo, já que o reserva imediato Everton havia testado positivo para coronavírus e era desfalque. No tiro de canto seguinte, aos 52', a defesa da Coruja afastou errado, Wellington Carvalho desviou e Zé Roberto completou para as redes no último lance do primeiro tempo. Foi o primeiro gol do atacante com a camisa alvinegra.

No segundo tempo, a Macaca ampliou o marcador com um gol de falta que não acontecia desde junho do ano passado, contra o Cuiabá, pela Série B. Aos 21', Guilherme Lazaroni cobrou no ângulo direito, a bola bateu no travessão, voltou nas costas de Jeferson Danilo e foi para as redes. Depois disso, a Ponte cansou de perder gols e por pouco não repetiu o placar do jogo de ida. Aos 31', Moisés recebeu passe na medida do estreante Guilherme Pato, ex-Inter, mas se atrapalhou e chutou por cima. Aos 36', foi a vez de Vinicius Zanocelo, em ótimas condições, isolar. Aos 43', Pato bateu da entrada da área, mas também errou o alvo.

Ainda na noite de hoje, a delegação da Ponte Preta deixa a cidade de Afogados da Ingazeira e segue viagem para o município de Camaragibe, a 15 quilômetros da capital Recife, de onde embarcará na próxima sexta-feira rumo a São Luís, no Maranhão, para enfrentar o Sampaio Corrêa, no sábado, às 21h, pela 6ª rodada da Série B.

AFOGADOS DA INGAZEIRA-PE ( 0 )

Wallef (Jeferson Danilo 51/1º); Guilherme Lucena, Edivan, Heverton e Thalison; Diego Teles, Douglas Bomba e Candinho (Erivelton 13/2º); Luciano Grafite (Rodrigo 13/2º), Dênis (Rafael Guedes 28/2º) e Júnior Mandacaru. Técnico: Pedro Manta.

PONTE PRETA ( 2 )

Ivan; Apodi, Wellington Carvalho, Alisson e Guilherme Lazaroni; Luís Oyama (Danrley/Int.), Neto Moura (Moisés 16/2º), Camilo (Dawhan 41/1º) e João Paulo (Vinicius Zanocelo 30/2º); Matheus Peixoto e Zé Roberto (Guilherme Pato 16/2º) .

Técnico: João Brigatti.

Local: Vianão, Afogados da Ingazeira (Pernambuco).

Gols: Zé Roberto, aos 51' do 1º tempo; Guilherme Lazaroni, aos 21' do 2º tempo.

Público e Renda: Portões fechados.

Juiz: Zandick Gondim Alves Junior (RN).

Cartões amarelos: Ivan, Apodi, Luís Oyama e Dawhan (PP); Diego Teles, Edivan, Erivelton e Douglas Bomba (A).

Escrito por:

Gustavo Magnusson/AAN