Publicado 28 de Agosto de 2020 - 12h04

Por Gilson Rei

O trecho integra o Corredor BRT Ouro Verde e está inserido entre o futuro Terminal BRT Campos Eliseos e o início da Av. Ruy Rodriguez

Matheus Pereira/AAN

O trecho integra o Corredor BRT Ouro Verde e está inserido entre o futuro Terminal BRT Campos Eliseos e o início da Av. Ruy Rodriguez

O sistema de faixas exclusivas para o transporte coletivo de Campinas do BRT (Bus Rapid Transit — Ônibus de Trânsito Rápido) teve a liberação de mais 1,8km de pistas ontem. Essa é a oitava liberação de trechos dos corredores BRT no município, totalizando quase 15km. 

A abertura compreende as vias Piracicaba e Cosmópolis, no Jardim Novo Campos Elíseos, trecho que integra o Corredor Ouro Verde do BRT. O percurso liberado está inserido entre o futuro Terminal Campos Elíseos (na altura da Rua Bragança Paulista) e o início da Avenida Ruy Rodriguez.

Os usuários do transporte devem ficar atentos às mudanças na operação no sistema coletivo, por onde aproximadamente 32 mil passageiros são transportados diariamente. Ao todo, nove linhas de ônibus do sistema convencional de transporte poderão trafegar pelo corredor BRT. Serão as seguintes linhas: 118, 121, 130, 131, 132, 133, 140, 142 e 199.

Neste primeiro momento, as linhas vão manter as paradas atuais, com embarque e desembarque pela faixa da direita. Os oito pontos existentes no trecho (quatro por sentido) não sofrerão alterações. Porém, mudanças deverão ocorrer até a finalização das obras do Corredor Ouro Verde.

A extensão liberada de 1,8 km complementa, de forma linear, as vias exclusivas para circulação nas avenidas Amoreiras e Ruy Rodriguez, totalizando um trecho de 6 km, desde a região do São Bernardo, passando pela Vila Rica até o Jardim Santa Lúcia e Capivari.

As pistas liberadas integram o lote 4 do BRT e parte do trecho 2 do Corredor Ouro Verde. O trecho 2 contará com 5,7 km de extensão entre o futuro Terminal Campos Elíseos e o Terminal Ouro Verde.

No total, o BRT Ouro Verde contemplará 14,6 km de extensão, saindo do Terminal Central e seguindo pelas avenidas João Jorge, Amoreiras, Ruy Rodriguez, Camucim até o Terminal Vida Nova. Juntos, os três corredores BRT do município — Campo Grande, Ouro Verde e Perimetral — vão somar 36,6 km de extensão.

Características

Os 1,8 km de extensão liberados ontem contemplam quatro faixas de rolamento, sendo duas faixas para os veículos em geral (uma por sentido) e duas faixas exclusivas para o sistema de transporte público coletivo (uma por sentido), junto ao canteiro central.

As faixas exclusivas do corredor, são compostas por pavimento de concreto, mais resistentes ao fluxo intenso de veículos. As faixas dedicadas ao tráfego em geral receberam requalificação asfáltica. A iluminação dos corredores foi feita em LED, com a fiação subterrânea.

Como ocorre em toda obra de trânsito, a região recebeu também nova sinalização viária; tanto vertical (placas), como horizontal (solo). O canteiro central recebeu também um paisagismo, com a implantação de grama.

Escrito por:

Gilson Rei