Publicado 27 de Agosto de 2020 - 11h28

Por Alenita Ramirez

Bandido morre após roubar moto na Vila União

Wagner Souza/AAN

Bandido morre após roubar moto na Vila União

Um bandido morreu durante uma suposta troca de tiros com agentes do 1º Batalhão de Ações Especiais da Polícia (Baep) em Campinas, na noite desta quarta-feira (26). O suspeito estava na companhia de um outro homem que fugiu. A dupla havia roubado uma moto na Vila União e fugia em motos separadas. O homem estava sem documentos e não foi identificado. De acordo com o tenente Rodrigo Saahd, o suspeito integra um bando que prática assaltos a pedestres, motoristas e em residências na região do Jardim Santa Lúcia e Vila União.

Segundo Saahd, era o segundo roubo a motociclistas em menos de 10 horas. A primeira ação foi por volta das 16h30, quando os criminosos já tinham roubado uma moto nas imediações da Avenida Carlos Lacerda. A polícia chegou a perseguir os suspeitos, mas eles conseguiram fugir com a moto da vítima.

Por volta das 21h, os criminosos voltaram a fazer uma nova vítima, desta vez na Vila União. Na nova ação, eles usaram a moto roubada anteriormente, mas com a placa tampada. Na fuga, o suspeito que trocou tiros com a polícia estava com a moto da nova vítima enquanto o comparsa fugiu com a moto roubada da outra vítima.

O Baep localizou os suspeitos após uma equipe que patrulhava a Vila União, devido as ações, ser acionada por uma testemunha que havia perseguido os ladrões. Esta testemunha viu a abordagem e passou a seguir os criminosos. Ao serem avisados, os policiais passaram a seguir os criminosos.

O confronto aconteceu na Avenida Ruy Rodrigues, após o suspeito cair com a moto e tentar fuga a pé em um matagal existente logo após o viaduto da Rodovia dos Bandeirantes, no sentido bairro. O outro bandido não foi localizado. “Há mais ou menos um mês aumentou muito o número de roubos a motos, transeuntes e a residências naquela região da Carlos Lacerda e acreditamos que há a participação destes suspeitos”, disse Saahd.

O caso foi registrado na 2ª Delegacia Seccional, de Campinas, mas os roubos deverão ser investigados por policiais civis do 6º Distrito Policial (DP).

Escrito por:

Alenita Ramirez