Publicado 26 de Agosto de 2020 - 12h52

Por Gilson Rei

O Antonov que aterrissou ontem tem 65 metros de comprimento e 21 metros de altura, além de 24 rodas

Wagner Souza/AAN

O Antonov que aterrissou ontem tem 65 metros de comprimento e 21 metros de altura, além de 24 rodas

O gigante do ar Antonov AN 124 - Ruslan, o segundo maior cargueiro do mundo, tocou o solo do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, ontem, às 11h33, para fazer um carregamento especial de mercadorias de exportação. Foi a segunda passagem de uma aeronave modelo Antonov por Campinas este ano. Em fevereiro, o pouso foi do Antonov AN 225 - Mriya, o maior cargueiro do mundo.

O jato quadrimotor da empresa aérea Volga-Dnepr, que aterrissou ontem, tem 65 metros de comprimento e 21 metros de altura. Conta com 24 rodas, que permite ao avião pousos em diferentes superfícies, inclusive na neve. O avião foi fabricado no tempo da União Soviética, entre as décadas de 80 e 90, mas agora apresenta bandeira da Ucrânia.

O Antonov decolou no domingo de Mumbai, na Índia, e fez duas paradas antes de aterrissar em Viracopos. Primeiro fez escala em Dacar, no Senegal, e depois tocou a pista do Aeroporto Internacional de Brasília na segunda-feira. A operação foi coordenada pela empresa Delphi Forwarding, que atua em toda a cadeia logística de comércio exterior, direcionada para o serviço de Transporte Internacional e Desembaraço Aduaneiro no Brasil.

A bordo do Antonov estava uma carga de dimensões volumosas, que não seria capaz de ser embarcada em nenhuma outra aeronave. O cargueiro trouxe 50 toneladas de equipamentos industriais para duas empresas privadas: a Brainfarma, uma das maiores fabricantes de medicamentos do Brasil, e a Cosmed, especialista na produção de produtos para a saúde como nutricionais e dermocosméticos. Os maquinários importados irão ampliar e modernizar parques industriais em Anápolis (GO).

Em Viracopos, a carga carregada não foi divulgada pela Aeroportos Brasil Viracopos. A rotina foi alterada por causa do "gigante" para realizar a operação na pista com a mobilização de equipamentos e guindastes. Aproximadamente 50 pessoas interessadas em ver de perto o Antonov e registrar imagens permaneceram no entorno do aeroporto. A aeronave deverá decolar amanhã pela manhã rumo ao aeroporto Luis Muñoz Marín, em San Juan, Porto Rico. Vale lembrar que, no ano passado, o Antonov pousou três vezes em Viracopos.

Escrito por:

Gilson Rei