Publicado 25 de Agosto de 2020 - 11h46

Por Maria Teresa Costa

Bilhete Único Universitário e Estudante

Divulgação

Bilhete Único Universitário e Estudante

Com a retomada de aulas presenciais dos cursos superiores, a Prefeitura vai liberar, a partir da próxima segunda-feira, o bilhete de transporte universitário, que estava suspenso desde 25 de março, início da quarentena para o enfrentamento da pandemia em Campinas. A partir de segunda, haverá também a liberação do passe do idoso.

O uso do bilhete universitário será liberado para uso apenas no trajeto entre a faculdade e a residência do estudante. A Emdec tem o controle do uso do bilhete e informou que adotará medidas administrativas se a regra não for cumprida.’ Atualmente, 24,7 mil universitários utilizam esse passe. Os cursos superiores e de formação profissional estão autorizados retomar as aulas presenciais exclusivamente para atividades práticas e laboratoriais e com 35% da capacidade das salas.

O prefeito Jonas Donizette (PSB) anunciou em live ontem que a partir do dia 31, o passe idoso também será liberado. "Estamos liberando o transporte para idosos, mas nossa recomendação é que fiquem em casa. Decidi liberar porque idoso precisa ir ao médico, ao hospital, mas insisto que se não precisar sair, fique em casa", afirmou.

O secretário de Transportes, Carlos José Barreiro, afirmou que o passe estava suspenso, mas os idosos não estavam proibidos de entrar no ônibus e faziam isso pela porta do meio, com riscos, porque se misturavam com pessoas que estavam entrando ou saindo dos veículos. "Constatamos isso e agora vamos liberar e eles passarão pela catraca, com mais segurança", disse. O passe idoso, que é gratuito, beneficia 89,1 mil pessoas com mais de 65 anos em Campinas.

Escrito por:

Maria Teresa Costa